Início     Arujá Hills News     Salões de Festas    Eventos     Esportes     Funcionários     Diretoria     Comissões     Benfeitorias     Contato

Segunda via boleto

Atas

Relatórios

Extratos Documentos

Telefones:

4652-1576

3090-2395

3090-0496 (Emergências)

4654-1961

Livre-se dos pombos

 

 

 

 

 

 

 





Você vai provavelmente precisar de uma combinação de truques, e provavelmente até mesmo uma série deles, para se livrar de pombos em sua casa. Estes animais são muito persistentes. Enquanto alguns itens como corujas falsos, cobras e espantalho de plástico poderia funcionar temporariamente se você mudar de lugar muitas vezes, pombos geralmente descobrir o ardil e retorno.

Não são dispositivos comerciais que funcionam bem, mas são geralmente caros. Mas você pode usar alguns truques criativos e remédios caseiros para resolver este problema.

Elimina oportunidades para fazer ninhos ou deixá-los inabitável.

 

Faça seus próprios picos de aves, que são muito eficazes porque os pombos não gostam de empoleirar-se sobre eles. Você pode fazê-los com pedaços de madeira colocados em embalagem pedaços de espuma.

 

Use fita dupla face para colar uma fileira de CDs antigos em prateleiras, janelas e varandas grades. Muitos pombos são afastados com objetos brilhantes. O ata alguns CD forrado com uma corda ou fio de modo que eles são próximos uns dos outros. Pendurá-los a partir das varandas, suportes e outras áreas problemáticas, onde a brisa pode movê-los.

INVERNO:

Época de poucas chuvas

  Apesar de ter sido superada a crise hídrica de 2014, quando os reservatórios de água da Região Metropolitana ficaram em situação crítica, devemos nos lembrar sempre e ter como uma lição aprendida a força, sentida na pele mesmo.

  Contudo, muitas pessoas parecem ter se esquecido, ou são mesmo ignorantes, mal educadas e pensam que estão sozinhas no mundo. A quantidade de pessoas que vemos desperdiçando água, como se fosse algo abundante e barato é incrível. Sim, este ato egoísta é praticado por pessoas que se esquecem até da própria família e isto acontece em todas as classes sociais.

  Quantas vezes vemos pessoas lavando calçadas, quintais e carros com as mangueiras jorrando água a vontade? Quantos minutos leva o seu banho? E várias outras formas de desperdício por puro comodismo...

  Seguem abaixo algumas práticas simples, que podem se tornar hábitos diários e com custo baixo, mas que podem reduzir drasticamente o seu consumo de água e, lógico, sua conta de água:

1. Esguicho de Mangueira com Gatilho: com custo super  baixo e instalação simples, este equipamento evita que a água fique escorrendo enquanto se ensaboa o carro e o quintal...

2. Feche a Torneira Para Escovar os Dentes

3. Use a tampinha do lavatório para fazer a barba: todo lavatório ou pia tem uma tampinha, ela serve também para reservar um pouco de água enquanto se faz a barba.

4. Concentre-se apenas em tomar banho: muita gente faz verdadeiras viagens astrais enquanto toma banho. Se prestar atenção apenas em tomar banho, ele dura no máximo 10 minutos.

A seguir, algumas ideias a implantar em casa ou na empresa, para reuso ou reaproveitamento de água:

1. Captar e aproveitar a água de chuva: existem várias formas e equipamentos, baratos e mais caros, onde se pode dar um uso para a água de chuva, economizando a água tratada da rede pública.

2. Aproveitar a água do banho:  há equipamentos que captam a água do banho e que podem inclusive utilizar esta água na bacia sanitária do banheiro.

3. Captar e reutilizar a água da máquina de lavar: através da instalação de um recipiente de pelo menos 100 litros ao lado da máquina de lavar, já é possível captar a água das lavagens e utilizar lavando quintais, nas bacias sanitárias dos banheiro e, com equipamentos mais desenvolvidos, filtrar esta água e reutilizar nas próprias lavagens da máquina. Segue um exemplo:

 

4. Utilizar nas torneiras os aeradores distribuídos pela SABESP: são simples de instalar e por mais simples que sejam, realmente ajudam a economizar água.

Enfim, existem muitas outras atitudes que podem ser adotadas para economizar água, mas mais importante do que qualquer exemplo dado aqui, é termos consciência de que o problema continua, sem água a vida fica difícil para todos, nossos filhos e netos merecem tanta qualidade de vida quanto nós temos hoje. Devemos multiplicar estas ideias, porque senão além de sede e não poder tomar banho, não teremos alimentos para nos alimentar, energia para nos aquecer e muitos conflitos ocorrerão.

Arq. Henrique Thomaz – Morador do Arujá Hill’s 3.